SLOT CLUBE DE MATOSINHOS

SLOT CLUBE DE MATOSINHOS

quinta-feira, 31 de maio de 2012

www.scm.pt

Pois é.
Neste clube as novidade e mais valias não param.
A partir de dia 1 de Junho o clube passa a ter um site onde todos os slotistas podem seguir as actividades do clube e não só.
Amanhã, vai ser feita a apresentação do site a todos os que comparecerem para assistir ou participar na prova de Turismo Clássicos 2.
A não perder.

Levantando a ponto de véu, na próxima época vamos ter uma nova classe destinado aos clássicos, para além de dois troféus vocacionados para a iniciação no slot, mas abertos à participação de todos.
O carro é pertença de cada um, mas persiste no clube, sendo o chassis sorteado antes de cada prova.

Mas, mais ainda. Vamos dispor de uma pista Ninco de 6 calhas.
Venha ver e adira.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

3ª prova de GT-NSR. A estreia de Pedro Azevedo no slot

Foi com a presença de 7 equipas que decorreu a 3ª prova de GT - NSR no SCM.
De assinalar a conseguida estreia em slot de Pedro Azevedo a substuir Diogo Filipe na equipa Putos do Slot. Com carros de elevado desempenho e pouca capacidade magnética conseguiu rodar tranquilamente sem "incomodar" os conjuntos mais rápidos em pista. Parabéns.

Desportivamente assistiu-se a uma nova vitória da SFT, de Hugo Machado e Lelo Ribeiro, após a ausência na última prova, com a equipa BM Competições a não ser capaz de acompanhar o ritmo dos vencedores. Mas estão mais perto.
O último lugar do pódio foi para a Scorpion Team de Nuno Abreu e André Sousa, logo seguido da equipa Fun Slot. Desta vez a Fun Slot voltou ao F50 que tão bem se comportou na 1ª prova.

Em breve mais detalhes

sábado, 12 de maio de 2012

4ª Prova Grupo C - Slot Clube do Porto



Com a presença das principais candidatas decorreu no pista Adérito Varejão do Slot Clube do Porto a 4ª prova do Campeonato conjunto de grupo C.

A equipa SFT vencedora das três primeiras provas, inferiorizada por um motor de muito fraco desempenho, não foi além do 4º lugar, minimizando ainda assim maiores prejuízos. 

A sua principal adversaria, a BM competições, venceu com alguma naturalidade, impondo-se a uma sensacional Absolute Beginners / Sebringslots, que com este segundo lugar recuperou o 3º lugar do campeonato que já fora seu.

Em 3º lugar surge a Star Racing com apenas mais duas voltas que a equipa de Hugo Machado e Lelo Ribeiro que foram 4º classificados.

No 5º lugar surge a azarada equipa Scorpion Team. Com um andamento que lhes permitia outra classificação, viram-se atrasados por variados problemas. Ainda assim, partiram para os últimos dez minutos com o 3º lugar no horizonte, mas de novo se viram atrasados por problemas no carro. 

Bastante afastada destas lutas surge a DSV de Adérito Varejão e Tó Zé Oliveira. Sempre aguerridos, conseguiram com este 6º lugar o seu melhor resultado, impondo-se à equipa Fun Slot por 8 voltas e à Adan Figueiredo Racing por 13 voltas.

Em último ficou a equipa LIMPEM. Habitual na disputa pelos primeiros lugares, não se compreende como é possível participar com um carro de tão fraco desempenho. É urgente reencontrarem a antiga motivação pois o resto seguramente ainda está lá.

Após as quatro primeiras provas a SFT mantém o primeiro lugar, tendo na sua peugada (onde é que já li isto?) a equipa BM competições. Para o 3º, 4º e 5º lugares é mínima a diferença pontual e a luta está em aberta.

Dia 8 de Junho será a 5º prova na pista do Slot Clube de Matosinhos. Lá estaremos.




sábado, 5 de maio de 2012

2ª Prova de GTs NSR duplas

A ausência da SFT de Hugo Machado e Lelo Ribeiro retirou uma boa parte de interesse à 2ª prova de GT - NSR duplas.
 Lelo Ribeiro esteve ausente por participar numa prova internacional de slot a convite da prestigiada formação da GT Team, confirmando que de facto estamos entre a elite de slot nacional.

Após um equilíbrio inicial, a equipa BM competições distanciou-se vencendo com relativa facilidade. Desta feita compareceram com um Ferrari F40, melhorando o seu score máximo em 15 voltas. Ainda assim a 13 das 505 voltas que a SFT cumpriu na 1ª prova que venceu.

Em segundo ficou a Scorpion team de André Sousa e Nuno Abreu, que desta vez não conheceram problemas mecânicos. Com um Audi R8 da Ninco imprimiram um andamento rápido estabelecendo as voltas mais rápidas da corrida nas pista 1 e 3. Onze voltas separaram os dois primeiros apesar disso. Consistência precisa-se com urgência.

Numa manobra suicida, a Fun Slot deixou o F40 que tão boa conta tinha dado de si na primeira prova em casa,  e compareceram com um McLaren também da Slot It. Estiveram fora da luta pelos primeiros lugares, terminando a 7 voltas dos segundos e com menos 9 voltas da sua primeira corrida. O carro não sendo uma carroça total, não era grande coisa. Oxalá o Ferrari ainda esteja em condições.

A 4 voltas do terceiro ficou a equipa mais nova do campeonato - Os Putos do Slot. Sétimos classificados na primeira corrida, mantendo o mesmo carro mas claramente melhor preparado, foram dos maiores animadores da corrida. Ainda vão melhorar mais, mas isso já se notou nesta corrida.

Fiel ao Corvette da NSR a Adan Figueiredo Racing ficou em 5º lugar. Com este carro vai ser dificil melhorar.

Em 6º lugar ficou a JJ Racing dos Jorges, Martins e Regedor. Os GT "não são a praia" de Jorge Regedor, mais interessado em pensar nos GTc. Jorge Martins compareceu para viabilizar a 6ª equipa. Obrigado.

1º BM competições (Manuel Melo / Francisco Bianchi) - Ferrari F40 - 492 voltas
2º Scorpion Team (André Sousa / Nuno Abreu) - Audi R8 Ninco - 481 voltas
3º Fun Slot (Carlos Strecht / Jorge Cardoso) - MacLaren F1 GTR - 473 voltas
4º Putos do Slot (Diogo Matos / Diogo Filipe) - McLaren F1 GTR - 467 voltas 
5º Adan Figueiredo Racing (Carlos Adan / Pedro Figueiredo) - Chevrolet Corvette NSR - 464 voltas
6º JJ Racing (Jorge Regedor / Jorge Martins) - Ferrari F40 - 449 voltas


Campeonato
Próxima prova dia 25 de Maio

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Prova da Liga de Clubes no SCM

Crónica de Alexande Bianchi

Realizou-se no ultimo sábado a penultima prova da Liga de Clubes no SCM.
Na qualificação o SCM 1, por Hugo Machado, entrou logo a matar,
conseguindo a pole, seguido pela Trofa, SCP e GT-TEAM.
Seguiu-se um excelente repasto no João Ratão em que o pessoal não
perdoou os bifinhos com azeite e alho.
Houve um artista que se serviu 5 vezes. Impressionante… Não foi Zé Manel?

Depois, a muito custo lá tivemos que fazer a prova.
Começada a mesma verificou-se que o andamento da Trofa era superior ao dos restantes graças a um excelente ALFA, que eu já conheço bem.
Até que na sua 2ª manga a Trofa teve problemas com a cremalheira, entre outros, que os fez perder cerca de 16 voltas.
Quem aproveitou foi o SCM 1, com o Hugo e o Lelo imprimindo  um andamento rápido e consistente e eu Alexandre, tentando não comprometer, que aguentou o 1º lugar até final ganhando com 9 voltas
de avanço sobre a Trofa, seguido do GT TEAM que desta vez e pela 1ª vez não ganhou, ficando em 4º o SCM, só a 5 voltas do 3º e em 5º o  SCM 3 de Stretch e Cº, que se insceveu pela 1º vez neste Campeonato.
Notar que nesta prova todos os carros foram ALFA, só havendo um FERRARI.

Na próxima e ultima prova, na Trofa, será o oposto. Aí está tudo decidido
quanto ao título, que será do GT TEAM, havendo apenas a luta para
o 2º lugar, entre nós, SCM 1 e a Trofa. Acho que vamos fazer bonito.   

segunda-feira, 23 de abril de 2012

3ª prova do Campeonato Interclubes LMP – Corrida no SKCM


Até que enfim, a tão esperada vitória!
É assim que começo esta crónica pois nas 2 provas anteriores foi por pouco que não conseguimos este objectivo: na prova disputada no circuito Adérito Varejão perdemos por uma volta e na prova caseira perdemos o 1º lugar devido a uma penalização de 20 voltas por o carro não ter arrancado.

Antes do início da prova foi necessário que todas as equipas chegassem a um consenso relativamente à participação da equipa SCM 4 nesta prova, isto porque não estava previsto no regulamento o facto de uma equipa poder correr com menos de 3 pilotos, enfrentando uma penalização, e 2 dos meus ilustres companheiros de equipa não puderam comparecer. Ficou decido que se permitia a participação desta equipa com uma penalização de 50 voltas, de forma a evitar que no futuro equipas tirem vantagem de correr com menos elementos do que o estipulado. Decisão acertada e mais do que justa no meu ponto de vista.

De notar o facto da solução adoptada por Ginho Rodrigues na anterior prova ter sido replicada por 2 equipas, a do Slotcenter de Matosinhos e a SCM 3. Tal já era esperado depois de observado o domínio, em termos de rapidez, do conjunto apresentado pelo rapaz do ISEP na prova anterior. Pena nesta ter faltado para se dedicar ao seu Punto, boa sorte para o troféu!

Passadas as verificações técnicas, tempo para a qualificação mais animada até ao momento, com os 3 primeiros separados por apenas 0,031s, cabendo a Pole-position à equipa SCM 1 por intermédio do Diogo Matos, que se apresentou com um carro muito bem conseguido. Hugo Machado rubricou o 2º tempo pela equipa SCM 4, enquanto Nuno Abreu fez o 3º melhor registo pela SCM 3.

No que respeita à corrida, a consistência e rapidez da equipa SCM4 conseguiu sobrepor-se à penalização inicial de 50 voltas, conseguindo mesmo a vitória com 9 voltas de vantagem para o 2º classificado, a equipa do Slot Clube do Porto. A fechar o pódio classificou-se a equipa do Slotcenter de Matosinhos, que a correr em casa tirou o melhor partido do conhecimento do traçado para conseguir um bom resultado. Quanto às restantes equipas representativas do nosso clube, a SCM 3 quedou-se pelo 4º lugar a 8 voltas do pódio, sendo que o seu protótipo revelou alguma falta de fiabilidade que se tornou fatal, ao passo que o SCM 1 viu a sua viatura sofrer muitos danos decorrentes de colisões e despistes e acabou a prova no 6º lugar.

A próxima prova terá lugar nas instalações do Slot Clube do Porto no dia 2 de Junho.

Votos de boas gatilhadas,
Hugo Machado




sábado, 21 de abril de 2012

3ª Prova de Turismo Clássicos 2

Todos os recordes foram pulverizados na corrida mais rápida de sempre.
Foi um Manuel Melo irrepreensivel que dominou toda uma corrida em que praticamente não cometeu nenhum erro.

Numa chuvosa noite de sexta-feira, onze resistentes compareceram para mais uma prova dessas maravilhosas máquinas de Turismos Clássicos "mais de 1300cc". De notar a ausência de alguns habituais animadores desta categoria.

Logo na qualificação Manuel Melo manifestou as suas intenções ao realizar a melhor volta em 8,728, deixando Francisco Bianchi em 2º no mesmo décimo, mas realizando apenas duas voltas lançadas. O terceiro tempo foi para Jorge Regedor com 8,808 e nos lugares seguintes ficaram Carlos Adan, Nuno Abreu e Joca Craveiro no mesmo décimo. Em 5º lugar surge um sensacional Fiat Abarth 1300 TC conduzido por Hugo Machado com o tempo de 9,122.

A primeira manga foi dominada por Hugo Machado, que apesar de dispor de um TC1 (competitivo) não se deixou intimidar pelos concorrentes mais musculados em pista. Realizou 113 voltas, a uma do seu objectivo, deixando o 2º classificado, André Sousa a 6 voltas. Com este resultado obteve o 4º lugar da geral e André Sousa o 6º.

Nos lugares seguintes ficaram José Carlos Cidrais e Jorge "Cavalo" Gonçalves separados por uma volta. Em 5º lugar ficou José Sequeira que também conduziu um TC1, o habitual carro de Nuno Abreu.

Foi na última manga que se apurou o vencedor e os 3 primeiro classificados.
Todos os recordes foram pulverizados e o novos máximo de número de voltas foram atingidos.
Partindo muito rápido, na pista 4, Nuno Abreu aguentou a pressão de Manuel Melo e Francisco Bianchi nos primeiros 3 minutos. Nos minutos seguintes Manuel Melo instalou-se no primeiro lugar ganhado progressivamento avanço sobre a concorrência. Venceu com 119 voltas, mais quatro que na prova anterior, deixando o 2º classificado, Francisco Bianchi a 2 voltas.

Em 3º lugar com 114 voltas ficou Joca Craveiro que seguramente realizou a sua melhor prova neste clube. O seu carro tem de ser evoluido para poder acompanhar os da frente. Aguardemos.

Em 4º da manga, mas em 5º da geral ficou Nuno Abreu no Ford Escort, que foi perdendo fulgor ao longo da corrida. Segundo o próprio rodou em ritomo de passeio.

Em 5º lugar da manga ficou Carlos Adan, 7º da geral, seguido do azarado Jorge Regedor com problemas técnicos que o impediram de concretizar as boas indicações que deu na qualificação e nos minutos iniciais da corrida.

O mote está lançado, e os desafios não param. Será possivel ainda melhorar?



Classificação final
1º Manuel Melo - Alfa Romeo GTAm (Fly/slot classic)         - 119 voltas
2º Francisco Bianchi - Alfa Romeo GTAj (Fly/slot classic)    - 117 voltas
3º Joca Craveiro - Alfa Romeo GTAm (Fly/slot classic)         - 114 voltas
4º Hugo Machado - Fiat 600 Abarth TC (Reprotec)               - 113 voltas
5º Nuno Abreu - Ford Escort 1600 MK1 (Superslot)              - 112 voltas
6º André Sousa - VW Golg GTI (Spirit)                                  - 107 voltas
7º Carlos Adan - Alfa Romeo GTAm (Fly/slot classic)           - 106 voltas
8º José Carlos Cidrais - Alfa Romeo GTAm (Fly/slot clasic)  - 105 voltas
9º Jorge Gonçalves - Alfa Romeo 2000 GTV                           - 104 voltas
10º José Sequeira - Ford Cortina Lotus (Revell)                       - 99 voltas
11º Jorge Regedor - Alfa Romeo 2000 GTV (Fly/slot classic)  - 70 voltas


sábado, 14 de abril de 2012

3ª Prova Campeonato Inteclubes Grupo C 2012

Com a presença de 9 equipas decorreu no dia 13 de Abril a 3º prova do campeonato Interclubes de Grupo C, a 2ª disputada na nossa pista.
Dos habituais participantes faltou apenas a JJ Racimg de Jorge Martins e José Manuel, embora o Jorge tenha marcado presença com espectador.

Ordenados pela classificação do campeonato deu-se inicio à corrida com uma manga e três relvas.
Mais uma vez a equipa SFT de Hugo Machado e Lelo Ribeiro venceu a aprova com aparente facilidade. Com as armas habituais, rapidez e consistência, deixaram os habituais 2º classificados a 15 voltas.

A BM competições, de Manuel Melo e Francisco Bianchi, apresentaram-se para esta prova com as habituais ambições. O inicio da prova foi prometedor com um carro muito rápido e seguro, mas que foi revelando um comportamento agridoce, com alternância de desempenho, que condicionou o resultado da equipa. Ou então os pilotos estavam em dia não. A ver vamos.

Carlos Strecht no seu melhor
A equipa Fun Slot de Carlos Strecht e Jorge Cardoso, ocuparam o 3º lugar com 8 voltas de avanço sobre a Scorpion Team, 4º classificados. Sempre bem disposto como é habitual, desta vez o Presidente pareceu-nos ainda mais do que é normal, após um magnifico jantar no 5 Oceanos acompanhado dos amigos do Slot Clube do Porto. Jorge Cardoso esteve bem e com iss ocuparam um lugar no pódio.

André Sousa e Nuno Abreu ficaram desta vez em 4º com um carro que não colaborou. Ainda assim foi uma grande evolução em relação ao 8º lugar da primeira prova.

No 5º lugar ficou a primeira equipa do Slot Clube do Porto, a Star Racing de Luis Alcino e Raúl Pinto. O mau resultado na pista 6, 77 voltas, condicionou um melhor resultado. Mas também marcaram pontos na boa disposição. Não será por acaso que também jantaram no 5 Oceanos.

A 4 voltas no 6º lugar ficou a equipa Absolute Beginners com Márcio Teixeira e Luis Faria que desta vez não conseguiram repetir o brilharete da primeira prova em que se classificaram em 3º lugar.

Bem distante ficou a Adan Figueiredo Racing com um carro que nada ajudou. Assim não é possivel fazer melhor.

Fernando Vieira atento ao Mestre
A LIMPEM teve novamente de recorrer ao piloto de reserva, Fernando Vieira, perante a impossibilidade de Pedro Machado poder comparecer. O Mestre Lino Marão foi-se desdobrando em ensinamentos ao seu pupilo, e com isso fugiu ao último lugar da classificação, o que era aliás o seu objectivo. Levantou o véu sobre a próxima prova de LMP, em que a sua equipa vai estrear uma colaboração luso-brasileira e estrear uns novos pneus com o sugestivo nome de "suga-suga". Ginho Rodrigues ficou notoriamente preocupado.

No último lugar ficou a equipa DSV de Adérito Varejão  e de António José Rodrigues a apenas duas votas do 8º lugar. Foi notória a evolução desta equipa.

Mais uma boa jornada de slot, com  boa disposição de todos os participantes e sem problemas.
Classificação do Campeonato

O podio numa pose já anteriormente vista

segunda-feira, 9 de abril de 2012

3ª Prova de Turismo Clássicos 1

Foi com a comparência de 11 pilotos que decorreu uma das provas que mais expectativa criou entre os participantes. Pelo menos a avaliar pelas mensagens do FB.

Com a ausência de Jorge Gonçalves e do seu Fiat 850 "Abada" grande parte da expectativa foi gorada. Confirmaram-se porém todos os prognósticos sobre a evolução de quase todos os conjuntos, com os melhores tempos por volta a serem pulverizados. As 105 voltas suficientes para vencer na 1ª corrida, não dariam senão para um 4º lugar nesta.  

Destaque também para ausência do o lider do campeonato e de outros habituais participantes que assim empobreceram a lista de participantes.

Logo na qualificação Hugo Machado, de regresso aos Turismos, rubricou a melhor marca. E que marca. Com 9,017, deixou Manuel Melo a 1 décimo, com Carlos Strecht a assinalar o 3º tempo, num registo inferior ao anterior record de qualificação. Num comentário por si colocado no FB, classificou o carro que utilizou como "carroça". Será?
Logo aqui Nuno Abreu no habitual Ford Cortina rubricou o 4º tempo, confirmando a evolução do carro e da sua apetência para o slot.

André Sousa venceu a primeira manga após uma luta intensa com Diogo Filipe e Carlos Adan.
 Os três terminaram com 101 voltas e ocuparam o 5º, 6 e 7º lugar final.
Uma palavra para Diogo Filipe que esteve muito bem na sua estreia em Turismo num carro competitivo. Na próxima vai ter de repetir.
 Óscar Lemos e José Sequeira terminaram nos lugares seguintes separados por apenas uma volta.

A segunda manga definiu o vencedor da geral e os quatro primeiros classificados. Hugo Machado venceu com 112 voltas, deixando Manuel Melo e 4 voltas.
Com menos 6 voltas ficaram Nuno Abreu e Carlos Strecht separados por metros, com vantagem para Nuno Abreu no Ford Cortina.
Rui Queiros ficou em 5º na manga e no 10º da geral, seguido do azarado Jorge Regedor com problemas de contacto no seu carro.

A aposta nesta nova classe é uma aposta ganha. Nas próximas provas mais participantes vão adeirir e seguramente outras opções de carros vão surgir, quebrando a monotonia Fiat Abarth.

No campeonato Manuel Melo assumiu a liderança.


domingo, 1 de abril de 2012

30 de Março - 1ª Prova de GT NSR Duplas

Iniciou-se no dia 30 de Março o Campeonato de GT NSR duplas no Slot Clube de Matosinhos com a presença de 7 equipas.

Os participantes nesta primeira corrida do campeonato

Trata-se de um Campeonato muito interessante em que os pneus e os motores são fornecidos pela organização, sorteados entre as equipas inscritas, criando-se assim um equilíbrio entre os participantes.
O material foi fornecido pela própria NSR que estabeleceu assim um protocolo de colaboração com o Clube que muito nos honrou o que desde já agradecemos de uma forma pública.

Foi grande a expectativa criada em torno deste campeonato. O número de participantes foi razoável, mas aquém daquilo que um campeonato desta natureza merece. Tratam-se de verdadeiros carros de corrida que transmitem ao seu utilizador um grande prazer de condução.
Para participar basta comprar em GT de NSR, Ninco, ou Slot IT e montar o Kit de pneus e motor fornecido pela organização. Não há desculpas.

Após montagem dos conjuntos presentes e de uns curtos treinos livres iniciou-se o evento com o minuto de qualificação.
Após o minuto de qualificação logo se percebeu que os Ferrari F50 eram as maquinas a bater obtendo os dois melhores registos. O primeiro NSR ficou em 4º lugar, cabendo ao Audi R8 da Ninco p 3º tempo. Hugo Machado da SFT realizou o melhor tempo com 6,803 seguido de Jorge Cardos da Fun Slot com 6,953. Desta feita Manuel Melo ficou com o quarto tempo num belo Corvete, já bem distante dos 3 primeiros.
Este escalonamento manteve-se durante a corrida que foi totalmente dominada pela dupla da SFT.
A equipa Fun Slot de Carlos Strecht e Jorge Cardoso ficou em 2º lugar seguida pela equipa BM competições a apenas 3 voltas.
A equipa Scorpion viu-se relegada para 5º lugar por problemas com o "stoper" no seu Audi R8, atrás da equipa da Adan Figueiredo Racing que também apostou num Corvete.
O 6º Lugar foi a JJ Racing de Jorge Regedor e Jorge Martins e no 7º lugar ficou a equipa Putos dos Slot num belo MacLaren

Nesta primeira prova notou-se alguma disparidade de desempenho entre os conjuntos decorrente ainda da pouca evolução de alguns carros.
Aguardemos as próximas provas. Com mais desempenho e mais equipas.


Desta vez Carlos Strecht aparece na fotografia não porque entregou o diploma, mas porque recebeu

domingo, 25 de março de 2012

23 de Março - 2ª Prova de Turismo Clássicos 2

Muita emoção e muito prazer numa corrida em que até ao fim quase tudo esteve sempre em aberto.


 
Após o minuto de qualificação ficaram claras que duas situações iam ocorrer nesta corrida. O domínio de Manuel Melo e o intenso equilíbrio na discussão dos outros lugares do pódio. Manuel Melo realizou um tempo fantástico e na mesma centésima 4 concorrentes

Manuel Melo venceu mas passou por dificuldades e os seus tempos por volta ficarem aquém do esperado.
Francisco Bianchi alcançou o 2º lugar numa prova em sabendo ter grandes limitações de desempenho no seu carro apostou na regularidade e no auto-controlo e conseguiu o objectivo.

Nuno Abreu fez voar um Ford Escort que apesar de melhorado de prova para prova ainda não estava preparado para atingir o pódio. Um grande desempenho. Ficou a poucos metros do segundo.

Jorge Regedor esteve num nivel a que há muito não víamos. Rápido e consistente. Podia ter feito ainda melhor.

Em 5º lugar, com o mesmo número de voltas do 4º ficou Joca Craveiro. Joca desperdiçou uma oportunidade de atingir um grande resultado ao ter problemas com o patilhão que o atrasaram na luta pela vitória.

Carlos Adan e André Sousa empataram com 110 voltas. André esteve rápido mas um pouco desastrado perdendo nas saídas tempo que nestes carros é precioso.

A seguir ficaram os Jorge. Cardoso em 8º com o seu BMW e Gonçalves em 9º com uma perfomance que merecia muito mais. Realizou o 2º tempo na pole position com o Alfa Romeo da Metropolis.

No 10º lugar ficou Jaime Campos num Alfa Romeo GTV. Ainda nada habituado à pista e a este tipo de carros não deixou de assinalar bons tempos. Tem de repetir.

Carlos Strecht num BMW que não andava por nada deste mundo arrastou-se até ao fim, ficando à frente de Óscar Lemos que já merece há muito um carro competitivo.


sexta-feira, 23 de março de 2012

3ª Prova Endurance Século XXI em Aveiro

Crónica da prova realizada na Slotspot – Endurance Slot Século XXI

No passado dia 17 de Março as equipas do SCM rumaram às instalações da Slotspot, em Aveiro, para disputar mais uma prova do campeonato de endurance do Slot Século XXI.
A equipa SCM 1 não se apresentava com grandes expectativas à chegada ao recinto, dado que os testes não tinham corrido da melhor forma e via-se forçada a ser representada apenas por 2 pilotos (Lelo Ribeiro e Hugo Machado), dada a indisponibilidade dos dois Bianchis (mais que justificada). A forte oposição presente neste campeonato não augurava um bom desfecho. Também a equipa do SCM 2 enfrentava dificuldades já que também só se fazia valer da bravura de dois dos seus pilotos (Carlos Adan e Pedro Figueiredo) para enfrentar as 2h de prova.
Contudo, e contra todas as previsões, foi Lelo Ribeiro a alcançar uma brilhante Pole-position, seguido de muito perto pela GT TEAM - ART SLOTCARS, pelo CS TROFA e pela equipa da casa, todos separados por cerca de 1 décimo de segundo. Já Pedro Figueiredo teve alguma dificuldade em adaptar-se às exigências do traçado neste minuto de qualificação, não indo além do 10º tempo.
Para a prova a equipa SCM 1 escolheu ser a última a entrar em pista, tentado gerir o andamento em função dos resultados dos seus mais directos adversários. Com o decorrer da prova rapidamente se percebeu que o andamento imposto pela equipa de Braga iria ser inalcançável, pelo que nos restava a luta pelo segundo lugar. Depois de um início de prova algo tremido, Lelo Ribeiro realizou 3 calhas de grande nível e colocou a equipa na luta pela segunda posição à entrada da última calha.
E que emocionantes foram estes últimos 20 minutos. Com as equipas rivais já com a sua prova concluída dependíamos de nós próprios para cumprir o objectivo, mas tal não se revelou nada fácil. Um pequeno problema de contactos tornou uma tarefa que, à partida, seria bastante acessível numa prova de concentração máxima, em que o mínimo erro podia significar a queda para o 4º lugar. No fim, conseguimos o 2º lugar com menos de meia volta de vantagem para o Clube de Slotcar da Trofa e cerca de 1 volta de vantagem para a Slotspot.
Quanto à equipa SCM 2 cumpriu a prova com alguns sobressaltos, principalmente devido a serem só dois pilotos, o que dificultou a gestão da prova, algo perfeitamente justificável pelo facto de ser a 1ª vez que esta equipa realiza um campeonato deste género. Terminaram no 8º lugar, intercalando as 2 equipas que representam o Slot Clube do Porto (Absolute Beginners no 7º lugar e SCP no 9º lugar final). Nota para a brilhante prestação de Carlos Adan na montagem do carro.
Feitas as contas a equipa SCM 1 ascendeu ao segundo lugar do campeonato, com mais 4 pontos que o CS TROFA.
Preparamo-nos agora para mais uma viagem a Braga, desta feita às instalações da GT TEAM, para a 4ª prova do campeonato.
Até lá, boas gatilhadas!!

Hugo Machado

sábado, 17 de março de 2012

2ª Prova de Turismo Clássicos "até 1300 cc" TC1

As corridas de Turismo Clássicos em face do grande sucesso da primeira prova e do elevado número de adesões foram separadas para eventos autónomos.

A 2ª prova de Turismo Clássicos "até 1300cc" disputou-se no dia 16 com a presença de 10 concorrentes. A insuficiente divulgação da prova fez com que alguns concorrentes habituais tivessem faltado.

Mais uma vez a hegemonia dos Fiat Abarth foi total, apenas contrariada por Nuno Abreu num Ford Cortina Lotus que conseguiu um honroso 5º lugar.

Manuel Melo levou de vencida o seu habitual companheiro de equipa Francisco Bianchi voltando assim às vitórias (e às melhores voltas de que tanto gosta).

Carlos Strecht ficou em 3º lugar na frente de uma aguerrido Carlos Adan.

Atrás de Nuno Abreu ficou Jorge Cardoso num Abarth ainda pouco competitivo, seguido de Fernando Paiva e de Jorge Regedor que se viu impedido de melhor desempenho por anomalias mecânicas. Óscar Lemos ficou em 9º lugar seguido de Rui Queirós num carro totalmente de serie!

Na próxima sexta-feira, 24 de Março, espera-se uma enchente para a 2ª prova dos irmãos mais velhos, os TC2 . A não perder.